fbpx

Castelo e “espigueiros” de Lindoso

Castelo e “espigueiros” de Lindoso

Castillo y “espigueiros” de Lindoso

Situada na freguesia de Lindoso, esta fortaleza tem uma localização estratégica, com a sua posição dominante partilhando vistas sobre a Galiza e Portugal. O que afeta a sua funcionalidade de vigilância, defesa e enquadramento fronteiriço entre os dois países.

Foi construído durante o reinado de Afonso III (século XIII), numa altura em que se instaurava a recente independência portuguesa. Conta-se que o rei D. Dinis, no seu primeiro dia na zona, batizou o local tão bonito e alegre como era, embora possa ser que o nome venha do latim “limitosum”, limite. Já no século XVII, recuperou grande importância na Guerra da Restauração entre Portugal e Castela. Sendo totalmente portuguesa desde 1663.

É também considerado um dos mais importantes monumentos militares portugueses pelas inovações técnicas arquitetónicas utilizadas na altura da sua construção. Possui traços românicos e góticos, razão pela qual foi declarado “Monumento Nacional” em 1910 e reconstruído na década de 1940. Além disso, conserva parte da muralha, e pode-se visitar o interior, onde há uma capela, um forno ou uma torre da homenagem de 15 metros. E ainda, um museu com exposições permanentes sobre a evolução e ocupação humana do território.

No exterior, para além das belas vistas sobre a barragem do mesmo nome, o vale do Limia e as serras do Xurés e da Peneda ao fundo; pode-se ver na própria aldeia um fantástico conjunto de 64 espigueiros em pedra (uma das maiores concentrações de estilo no mundo ) Alguns têm até 200 anos, e têm sido parte inseparável da cultura popular, assim como uma dieta de subsistência tão reconhecível em ambos os lados da fronteira.

Localização

4980-020, Lindoso, Portugal.

Coordenadas:

: 41.86716, -8.19911 HTML tutorial
Ver em Google Maps

Lendas / Histórias relacionadas

A fundação do castelo, como a de tantos outros arraianos, está ligada às lutas na fronteira, aos reis, condes, nobres, amores e … negligências.

 

Castillo y “espigueiros” de Lindoso

Informação de interesse

Mesmo ao lado dos espigueiros encontra-se um dos centros de visitação do Parque Nacional da Peneda-Gerês e da Reserva da Biosfera Transfronteiriça Gerês-Xurés (RBTGX), a “Porta de Lindoso”. Nas instalações, pertencentes à Câmara Municipal de Ponte da Barca, podem-se obter informações práticas sobre turismo. Existem também modelos para desfrutar com o tópico da água e geologia, e ainda um espaço para conferências e projeções.

Recomenda-se o contato telefónico prévio para a visita na hora da confirmação dos horários e dias de funcionamento. (00351 258 578 141)

Bibliografia

Fontes, L. (2013) Lindoso, uma paisagem com história. Câmara Municipal de Ponte da Barca, U. Do Minho.

Malheiro da Silva, A. B. (1994) O contributo histórico-militar de Lindoso para a restauração. Um ataque galego ao castelo do Lindoso, 1657. No III Colóquio Galaico-Minhoto, Viana do Castelo.

Solé, Glória. (2019). A “história ao vivo”: recriação histórica de uma feira medieval no castelo de Lindoso em Portugal. Ela & Mus. Património e Museografia, 2019, n. 20, pág. 102-112. http://hdl.handle.net/10459.1/69268.

Visite Portugal. Site oficial de turismo de Portugal. Disponível em: https://www.visitportugal.com/es/content/covid-19-medidas-implementadas-en-portugal

Site da Reserva da Biosfera Transfronteiriça Gerês-Xurés (RBTGX): https://www.reservabiosferageresxures.eu/en

 

Descarregar

Scroll to Top