fbpx

Torre da Forxa

Torre da Forxa

Torre da Forxa

Localizada no lugar d’A Torre, na aldeia d’A Forxa, funcionou como local da Câmara Municipal da Porqueira no século XIX. É por isso que o seu estado de conservação é ótimo, sendo declarado Sítio de Interesse Cultural.

A Torre d’A Forxa faz parte, juntamente com as de Celme, A Pena e Sandiás, das fortalezas construídas na Idade Média para proteção do território limiano, no âmbito das contínuas lutas travadas entre Afonso Henriques de Portugal e Afonso VII de Castela.

Afonso VII doou-a ao Bispado de Ourense em 1157. Mais tarde, nela foi estabelecido um mosteiro, inicialmente familiar, sendo posteriormente ocupado por monges Jerónimos. O seu primeiro prior, Jordan, ordenou a construção de uma igreja e um claustro hoje faltando. Este mesmo prior assumiu o título de abade de São Lourenço, prior e senhor de Güin e Castelaus e também senhor do partido judicial de A Forxa e Casas da Moura.

No século XIV, foi tomada e ocupada fugazmente pelo Duque de Lancaster, João de Gante, em uma das suas incursões para reivindicar o trono de Castela. No século seguinte, o século XV, a fortaleza pertenceu ao conde de Benavente e sofreu o cerco dos irmandiños.

O conjunto ainda mantém visível a sua imponente torre de homenagem, com 23 metros de altura e planta quadrangular. A porta principal fica no segundo andar, e o acesso é através de uma escadaria de pedra de construção moderna. O interior divide-se em três pisos mais uma cave. Os pisos seriam cobertos com um telhado de madeira e acessados por uma escada do mesmo material.

Localização

Torre, 24, 32643, Porqueira, Ourense

Coordenadas:

42.01346331473073, -7.849108873172898 HTML tutorial
Ver em Google Maps

Lendas / Histórias relacionadas

Depois de deixar de ser a sede do concello, passou para as mãos de um indivíduo. No bairro dizem que estava a ponto de desaparecer já que as pedras com os quais havia sido construída estavam à venda.

Segundo Xesús Taboada Chivite, “González de Ulloa conta-nos que o rei da Galiza, Dom Garcia (I), esteve aqui e que, perseguido pelo seu irmão e passou para os mouros de Portugal”.

Torre da Forxa

Informação de interesse

O seu estado de conservação é ótimo. A visita externa é gratuita. Para aceder ao interior, deve ser solicitada a autorização à Câmara Municipal de Porqueira através do número de telefone: 0034 988 466 102.

 

Bibliografia

Boga Moscoso, Ramón: Guía dos castelos medievais de Galicia. Itinerarios, arquitectura, historia, lendas e información práctica. Xerais, 2003.

Taboada Chivite, Xesús: Los castillos. Ed. Castrelos, 1963.

VV.AA, Val do Limia, un río, dos países. 2001.

Descarregar

Galería

Scroll to Top